DODA 2012

35,36 

  • Região

    Dão + Douro, Portugal

  • Ano

    2012

  • Álcool

    13,50%

  • Capacidade

    0,75

Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tourigo, Jaen, Alfrocheiro
Álvaro Castro and Dirk Niepoort
A fermentação do lote do Dão foi realizada em lagares e envelhecida em barricas de carvalho francês, onde ocorreu fermentação malolática. As uvas do Douro foram fermentadas parcialmente em cubas pequenas de aço inoxidável (20%) e outra parte em lagares de pedra tradicionais, onde as uvas foram suavemente pisadas com maceração pré-fermentativa. Após 10 dias de fermentação, o vinho estagiou 21 meses em barricas de carvalho francês, onde ocorreu a fermentação malolática. A mistura final foi engarrafada sem qualquer multa.
De bonita cor rubi carregada, num ano equilibrado como 2012, o Doda mostra um aroma floral, com frutos pretos, muito complexo e com alguma exuberância. A madeira encontra-se em plena harmonia com um perfil mineral e muito delicado. De boa concentração na boca, com presença e de taninos firmes, é um vinho com muita estrutura. A mineralidade e a boa acidez trazem frescura e equilíbrio, num final de boca muito longo e silvestre. A força do Douro com a elegância do Dão em plena harmonia!
17 pontos Revista de Vinhos.

Informação adicional

  • Região

    Dão + Douro, Portugal

  • Ano

    2012

  • Álcool

    13,50%

  • Capacidade

    0,75